Reforma aumenta importância da Previdência Complementar

A mudança profunda nas regras da Previdência oficial do Brasil aumentam a importância da Previdência Complementar. Planos para aumentar a renda na aposentadoria passam a ser fundamentais para a manutenção de um poder aquisitivo mais próximo do que o do período de trabalho
As mudanças propostas pelo governo e aprovadas pelo Congresso, de modo geral, alteram os critérios para o cidadão se aposentar: será necessário maior tempo de trabalho e/ou contribuição para o INSS e ter maior idade mínima para adquirir o direito.
Para os trabalhadores será necessário ter tempo mínimo de contribuição de 15 anos para mulheres e 20 para os homens. A idade mínima será de 62 para mulheres e 65 para homens. No entanto há várias regras de transição que combinam o tempo de contribuição, idade e eventuais “pedágios” com impacto no cálculo do benefício.

Mas um dos pontos drásticos da reforma da previdência oficial é a fórmula de cálculo da renda de aposentadoria que reduz em média 30% do benefício. Os cortes afetam também todas as modalidades de benefícios dos pensionistas do INSS. É possível afirmar que, salvo casos bem específicos, ficou mais difícil se aposentar e mais ainda receber um benefício razoável pelo INSS.

VANTAGENS

O Plano CASANPREV oferece a todos os empregados da CASAN uma alternativa concreta para minimizar os efeitos da redução dos valores da aposentadoria do Regime Geral de Previdência/INSS. Além da contribuição paritária da Empresa Patrocinadora, os participantes dispõem de uma conta individual para fazer aportes mensais ou esporádicos, sem a paridade da Empresa, e melhorar significativamente a renda mensal de aposentadoria. Seguro morreu de velho e embora para muitos a aposentadoria possa parecer um futuro distante ela é uma realidade do presente, sobretudo depois da reforma da previdência oficial. Começar a fazer poupança previdenciária desde cedo é hoje uma necessidade inadiável. O tempo voa, garanta uma qualidade de vida melhor, faça o CASANPREV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *