Diretoria reúne-se com Participantes que vão receber complementação da aposentadoria em 2013

 

Durante quase três horas, mais de uma centena de participantes fizeram questionamentos e ouviram atentamente os dirigentes da Casanprev apresentarem a situação do Plano Previdenciário da Fundação. O objetivo do encontro, realizado no auditório da Fecomércio, no Centro de Florianópolis, na última sexta-feira (13), era reunir todos os que estão em gozo do PDVI (Plano de Demissão Voluntária Incentivada) e que, a partir de outubro do próximo ano, passam à condição de assistidos do Plano.
Fernando Barros, Diretor de Seguridade, abriu a reunião dando as boas-vindas e fazendo um amplo diagnóstico do sistema previdenciário do Brasil. Fernando destacou o papel da previdência complementar, que hoje tem um patrimônio de mais de R$ 500 bilhões, complementando a aposentadoria de quase três milhões de pessoas. “É um dos maiores sistemas do mundo e conta com uma rigorosa estrutura de controle e fiscalização, compatível com o tamanho e responsabilidade destes fundos de pensão”, destacou ele, que ao acentuar a  a necessidade da qualificação dos administradores, informou que os três dirigentes da Casanprev são certificados pelo ICSS – Instituto de Certificação dos Profissionais de Seguridade Social.
Segundo Fernando, hoje existem 1.783 participantes inscritos no Plano, ou 78% dos atuais empregados da Patrocinadora, a Casan. “Uma parte deles – 353 – em 2013 será elegível ao benefício da aposentadoria complementar e por essa razão trabalhamos bastante para estruturar uma Fundação que em 2016, por exemplo, terá uma folha de pagamentos de mais de R$ 800 mil”, informou. O Diretor de Seguridade também ressaltou a importância do Programa de Educação Financeira e Previdência que a Casanprev vem desenvolvendo. “Previdência complementar é essencialmente poupança coletiva e quanto mais cedo as pessoas se conscientizarem disso, melhor pra elas e para o próprio Sistema”, afirmou.
 
Batismo
Responsável pela exposição da situação financeira da Fundação, o Diretor Administrativo-Financeiro, Adir de Oliveira, apresentou uma análise do cenário econômico internacional e os reflexos na realidade nacional. Na avaliação, Adir chamou a atenção de todos para a retração do PIB (Produto Interno Bruto) e a redução acentuada da taxa de juros no Brasil. “Tudo indica que essa tendência deve ser mantida o que exige uma nova postura dos gestores dos fundos de pensão, acostumados com o conforto das rentabilidades elevadas em função dos juros altos”, analisou.
“Somos uma Entidade muito nova, menos de cinco anos, não temos ‘gordura’ para queimar como os demais Fundos de Pensão, mais antigos, e por isso é necessário uma gestão muito responsável para assegurar rentabilidade nos investimentos e honrar compromissos contratados com nossos participantes”, disse Adir informando que apesar do pouco tempo a Casanprev já tem plena condição de iniciar os pagamentos da complementação das aposentadorias. “Já estamos pagando benefícios e estamos preparados para o ‘batismo de fogo’ que de fato é outubro de 2013”, assegurou. Adir destacou que a Fundação já acumulou um patrimônio de R$ 50 milhões, sublinhando que a Patrocinadora tem seguido o cronograma de desembolso do Tempo de Serviço Passado, conforme o acordado.
Os diretores encerraram o encontro atualizando as informações a respeito do plano de saúde. De acordo com eles, a melhor alternativa é a constituição de uma Caixa de Assistência e os Sindicatos têm um papel preponderante na viabilização desta alternativa junto à Empresa. Fernando e Adir após responderem a dezenas de questionamentos, agradeceram a presença de todos e informaram que muitas outras reuniões semelhantes devem acontecer futuramente.
Veja outras imagens do evento AQUI.
More from Quorum Comunicação

Juros do cartão de crédito no Brasil é de 238% ao ano, o maior entre 9 países

Apesar da queda dos juros básicos da economia — que estão no...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *