2º Encontro de Assistidos reúne aposentados de todo Estado

515

Aconteceu no dia oito de abril o 2º Encontro de Assistidos da CASANPREV, evento anual em que a Fundação apresenta os seus números e resultados para os aposentados que recebem benefício da entidade. Por volta das oito da manhã os primeiros participantes já chegavam às instalações do SESC Cacupé, em Florianópolis. A chegada de colegas do passado, abraços saudosos, reencontros e muita confraternização desenham um clima de alegria e descontração. Estiveram presentes em torno de 150 assistidos de todas as regiões do estado.

“Adorei ver vocês confraternizando, pareciam colegiais no recreio da escola”, assinalou a psicóloga Luciane Fagundes durante sua palestra, referindo-se ao ambiente na ante-sala do evento. “Vocês têm muita alegria, e isto é espetacular”, comentou a palestrante.

ABERTURA

As boas vindas aos presentes foram dadas pelos diretores da Casanprev Adir de Oliveira e Fernando Barros. “É um evento que reafirma nossa transparência com relação aos números da nossa entidade, mas também é um momento de reencontro de colegas e amigos”, salientou Fernando Barros. Adir comentou que ao fornecer dados e demonstrar a realidade da Fundação se fortalece a relação com todos os participantes, fortalecendo institucionalmente a CASANPREV.

PALESTRA

A especialista em psicologia econômica e comportamental, psicóloga Luciane Fagundes aproveitou sua palestra para fazer a plateia refletir sobre o envelhecimento. Com o tema “O futuro chegou: desafios e oportunidades do longeviver” ela tratou da necessidade da preparação para o envelhecimento.

A palestrante sublinhou suas preocupações apresentando estatísticas dizem que haverá no mundo dois bilhões de idosos em 2050, e o Brasil terá um terço de sua população envelhecida: 64 milhões de idosos. Outro estudo demonstra que 42% dos profissionais desejam mudar a carreira após a aposentadoria, ou seja, não pretendem parar de ter atividade.

“Envelhecer bem deve ser prioridade, mas é preciso ter um plano para isto”, indicou a psicóloga. Para ela este plano deve contemplar as dimensões física (saúde do corpo), psíquica, social (qualidade dos relacionamentos) e financeira. “A questão financeira é sinônimo de previdência, e quem tem planos de previdência complementar tem sempre uma perspectiva melhor que os demais”, avaliou.

O equilíbrio entre os quatro fatores do bem-estar, segundo a palestrante, tem como base o enfrentamento dos medos, como o medo de envelhecer (gerontofobia), o temor de perder a capacidade de trabalhar e de morrer antes do que se espera. “O envelhecimento é inevitável e a gente não o combate idolatrando a juventude eterna”, explicou a profissional. Para ela é preciso que haja uma adaptação às novas circunstâncias, às limitações que vão surgindo junto com outras possibilidades e oportunidades. Lembrou o cientista Charles Darwin: “Quem sobrevive não é o mais forte, é quem se adapta”.

Para a psicóloga “o futuro é um compromisso inadiável” e a felicidade é a soma de prazer e propósito. Em outros termos sugere que se busque sempre atividades prazerosas que se insiram em um propósito mais amplo de realização pessoal e social.

PREVIDÊNCIA

Na segunda etapa do Encontro o Diretor de Seguridade da CASANPREV, Fernando Barros, destacou os números da Fundação e sua inserção no contexto da previdência complementar do Brasil. Salientou que 72% dos trabalhadores da CASAN são participantes da CASANPREV. Do total de 2.579 funcionários 1.848 já têm o plano de previdência complementar. Ressalta que com apenas oito anos de existência o Plano CASANPREV conta com 274 assistidos, situação muito rara que dificilmente ocorre ou ocorreu em Fundos de Pensão. Planos de Previdência nada mais são do que uma poupança para a aposentadoria que precisam de um tempo razoável para acumular valores para pagamento de uma renda complementar.  No ano de 2015 até março do presente ano, 61 novos funcionários da CASAN se inscreveram no Plano CASANPREV.

O diretor revelou ainda que o benefício médio pago pela CASANPREV é de R$ 2.014,15 e que a folha mensal de pagamento de benefícios já chega a R$ 561 mil por Mês. No ano de 2015, o Plano pagou mais de 7 milhões em benefícios.

RESULTADOS

Os resultados financeiros e dos investimentos da CASANPREV foram apresentados pelo Diretor Presidente Adir de Oliveira, que evidenciou o fato da entidade já ter um patrimônio de R$ 213 milhões. Adir chamou atenção para o crescimento do patrimônio em 2015: o acréscimo foi de R$ 30,3 milhões, sendo que R$ 24,4 milhões vieram do resultado de investimentos.

O diretor presidente fez uma explanação sobre a complexidade do cenário econômico mundial e nacional, demonstrando as dificuldades que os fundos de pensão têm encontrado para obter rentabilidades mais satisfatórias. “O mercado está muito volátil e a inflação alta, onde já não há oferta de papéis que unam rentabilidade e baixo risco no mercado”, explicou. “A gestão de previdência deve ser feita sempre com foco no longo prazo. Hoje temos recursos para cobrir todos os nossos compromissos por décadas, mas precisamos estar sempre vigilantes e cuidando bem de nossos recursos”, finalizou.

Todos os números e demonstrativos da CASANPREV estão disponíveis no seu site na internet.

VEJA AS FOTOS DO EVENTO

[Not a valid template]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *