Benefício já está nos planos para o futuro

De olho na Pinheira
Presente na reunião dos participantes que estão no PDVI, Valdori Roecker ficou bastante satisfeito com o resultado do encontro. “É preciso ter acesso às informações justamente para ter segurança que na aposentadoria vamos manter um padrão que vida a que temos direito”, declarou. Aos 56 anos, com 32 anos de empresa, Valdori, que tem experiência na gestão de números, trabalhou no RH na administração da folha de pagamentos, fez diversas perguntas sobre a saúde financeira da Fundação. Ele que se recupera de um grave e recente acidente disse que ficou “tranquilo” com o quadro apresentado e já faz planos para novembro de 2013, quando deve passar a receber a complementação da aposentadoria que será paga pela Casanprev. “Quero viajar e pescar mais, e curtir muito mais minha família e a minha casa de praia na Pinheira”, afirmou.

Raízes
No mesmo sentido, a advogada Maria Atherino Neves, que atuou 28 anos no departamento jurídico da Casan, também faz planos para o futuro. “Esse tipo de encontro, onde a Diretoria apresenta detalhadamente a situação da Fundação, é muito importante para nós que apenas almejamos tranquilidade na nossa aposentadoria”, disse. Ela que vai integrar o primeiro grupo que vai receber o benefício da aposentadoria, em outubro do ano que vem, já tem um grande objetivo para 2014: “Esperei 36 anos para conhecer a terra dos meus antepassados e, agora que meus três filhos já estão encaminhados, quero fazer uma nova viagem, com o meu marido, para a Grécia”. Em grego – χρόνια πολλά – Maria Atherino deseja a todos, o que também deseja pra ela e seus familiares: muitos anos de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *